Sobre o Museu

fachada
Fachada

O Museu da Eletricidade do Rio Grande do Sul, órgão cultural da CEEE, foi criado em 1º de fevereiro de 1977, sendo o pioneiro no setor em todo o Brasil, serviu de modelo para que várias outras concessionárias brasileiras também criassem os seus museus. Em 2002, sofreu reformulações para ocupar o 2º andar do Centro Cultural CEEE Erico Verissimo.

Com a proposta de interagir com o público, o MERGS evoluiu no conceito de explicar a história da energia elétrica. Através de experimentos interativos, os visitantes poderão aprender os princípios da energia estática, como funciona uma pilha, a dinâmica de um motor elétrico, entre outros. Sempre aliando o conhecimento com a participação dos visitantes.

Os experimentos foram projetados pelo arquiteto Pedro Mohr, autor de muitas das peças encontradas no Museu de Ciência e Tecnologia da PUCRS. O Projeto Cenográfico ficou a cargo do artista Elcio Rossini, responsável também pela criação e desenvolvimento de alguns experimentos em conjunto com a empresa Bloco Arquitetura e Design.

Seu acervo é constituído de duas mil peças oriundas de vários municípios gaúchos. Nele, encontram-se peças e curiosidades a respeito dos primórdios da iluminação do estado, bem como máquinas e equipamentos, utensílios, numismática, documentos, bibliografias e filmes. Material que está à disposição para a consulta dos visitantes.

Maiores informações e agendamento de visitas de escolas e grupos pelo fone (51) 3221-6872 ou pelo e-mail museu@ceee.com.br