Aconteceu > Centro Cultural CEEE Erico Verissimo recebe exposição sobre Henrique Fuhro

Centro Cultural CEEE Erico Verissimo recebe exposição sobre Henrique Fuhro

25/05/2017

Folder-Exposição-Fuhro-01.jpg

Centro Cultural CEEE Erico Verissimo recebe exposição sobre Henrique Fuhro

Obras do artista gaúcho pertencem à coleção Dalacorte

A Sala O Arquipélago receberá, no próximo dia 25 de maio, exposição sobre o artista plástico gaúcho Henrique Fuhro. A mostra traz algumas obras inéditas do autor, que é expoente de diversas técnicas como a xilogravura, litogravura, pinturas e desenhos. A exposição traz obras pertencentes à Coleção Dalacorte.
De acordo com Renato Rosa, curador da exposição, a mostra tem caráter panorâmico, com o objetivo de exibir a quase totalidade de temas abordados pelo artista ao longo de sua carreira. “Não se trata de uma mostra retrospectiva, a intenção é mostrar obras representativas do artista - constantes neste recorte que fiz na Coleção Dalacorte - e com esse caráter ser o mais abrangente possível. Essa atitude, aparentemente restrita, mostra um Fuhro particular; é uma tentativa de escapar à estruturação habitual de exposições.”

Sobre o artista

Nascido em Rio Grande, em 1938, Henrique Fuhro é um artista autodidata. Sua carreira inicia como pintor, com a participação no Salão de Artes Plásticas da Associação Riograndense de Artes Plásticas Francisco Lisboa (Chico Lisboa) em 1957. A primeira mostra individual ocorreu em 1963, no Instituto Brasileiro Norte-americano, em Porto Alegre, RS. Foi discípulo de Danúbio Gonçalves em litografia e realizou trabalhos em gravura, desenho, serigrafia e pintura. No início dos anos 80, realizou exposições individuais com temas esportivos em Porto Alegre, Rio de Janeiro, Curitiba e Campinas – acompanhando nessas cidades a Copa Koch-Tavares de Tênis, exibindo a série “Fair-Tênis”. A convite do arquiteto Ruy Ohtake, exibiu-se em São Paulo, na galeria Aki. Integrou, como artista convidado, exposições nacionais e internacionais como “Créativité dans l'Art Brésilien Contemporain”, Musées Royaux des Beaux-Arts de Belgique, Bruxelas, 1978. É verbete com reprodução no “Dicionário das artes plásticas no Brasil” e “Brasil arte/50 anos/depois”, ambos de Roberto Pontual; “Dicionário brasileiro de artistas plásticos” e “Dicionário de pintores brasileiros”, ambos de autoria de Walmir Ayala; “História da Arte Brasileira”, de Pietro Maria Bardi; “História Geral da Arte no Brasil”, de Walter Zanini e “Dicionário de Artes - RS”.

Sobre a Coleção Dalacorte

A Coleção Dalacorte está localizada na cidade de Getúlio Vargas, norte do estado, e tem em seu acervo mais de 1.200 obras. Quase sua totalidade encontra-se em suporte de papel e seu enfoque principal é a gravura gaúcha. Montada há aproximadamente 18 anos, um dos objetivos principais do colecionador Paulo Dalacorte é torná-la uma referência nas artes visuais do Rio Grande do Sul. Destaca-se que a coleção abrange alguns dos principais artistas gaúchos ou radicados no RS, como Henrique Fuhro.

Serviço: “Henrique Fuhro, a obra em curso: um recorte na Coleção Dalacorte”.
Data: 25 de maio, às 19h, a 24 de junho de 2017.
Local: Centro Cultural CEEE Erico Verissimo - Sala O Arquipélago. Rua dos Andradas, 1223.
Curadoria: Renato Rosa
Informações: renatorosa09@gmail.com